• Wix Facebook page

Os três cãezinhos catarinenses apresentam Circumstances e a gente mergulha na letra

 

A super-banda catarinense 3 Snow Dogs está gravando Hemispheres na íntegra e enviou a música Circumstances para o Portal Rush Brasil conferir. Ficamos empolgados e resolvemos dar aquela mergulhada na letra do Neil fazendo nossas ponderações. Vale lembrar que em breve, o trio-canino-polar lançará os videos individuais de cada um tocando no estúdio e para quiser acompanhar o trabalho,  basta entra na fanpage oficial www.facebook.com/3snowdogsmos. 

Legal, né? Agora vamos ao artigo:

 

 

Quanto mais as coisas mudam, mas elas ficam na mesma”. Se essa
máxima não é verossímil em sua plenitude, pelo menos é plausível sob

alguma perspectiva. De fato, não seria muito difícil aplicar esse pensamento

quando temos a percepção de que alguns movimentos são continuamente

cíclicos em nossas vidas.

 

Circumstances é a segunda faixa de Hemispheres, o álbum que a própria

banda registra em entrevistas como uma epopeia devido ao seu alto grau

de complexidade musical. Ainda que mais direta e mais curta que as demais

faixas,  percebemos que ela mantém a essência progressiva e introspectiva.

 

Neil retrata nessa música sua própria história de vida, retomando a frustração no período da sua juventude em que viajou até a Inglaterra para tentar a carreira como baterista: “Um menino sozinho, tão longe de casa/(...) Eu senti a melancolia de quartos vazios/ (...) Às vezes, na confusão eu me senti tão perdido e desiludido". Mesmo que incentivado pela família e buscando, após 18 meses na terra da Rainha tentando carreira como músico, e trabalhando até em lojas de bibelôs para turistas para se sustentar,  o jovem Peart resolve retornar ao Canadá.

 

Em seguida no refrão, o letrista trata do amadurecimento que alcançamos com nossas tentativas empíricas e a forma trafulha com que os fatos circunstanciais tentam “nos pregar uma peça”: “Nós nos arriscamos/ Rimos com o passar do tempo/ Enganados pelas circunstâncias”. Para fechar brilhantemente o refrão, Neil se inspira no crítico, jornalista e novelista Jean-Baptiste Alphonse Karr para descrever seu sentimento em francês de que: “Quanto mais as coisas mudam, mas elas ficam na mesma”?! 

 

Por fim, Peart reconhece que conseguiu chegar onde queria, “Coisas com as quais eu sonhei uma vez/ Tornaram-se realidade”. Se analisarmos bem, não é dificil imaginar que o professor pode ter se baseado no sucesso que o Rush conseguiu alcançar na Inglaterra no final da década de 70, ou ainda o fato de que a banda recebeu o convite para tocar no Hammersmith Odeon, casa de espetáculo inglês onde seus grandes ídolos do rock tocavam na juventude.

 

Éhh, professor... parece que as coisas mudam bastante, não?

 

 

Artigos que você deve gostar

  • Wix Facebook page

Banda 3 Snow Dogs

Drinking the Music of Paradise

Circumstances

A boy alone, so far from home
Endless rooftops from my window
I felt the gloom of empty rooms
On rainy afternoons

Sometimes in confusion
I felt so lost and disillusioned
Innocence gave me confidence
To go up against reality

All the same, we take our chances
Laughed at by Time
Tricked by Circumstances
Plus ça change
Plus c'est la meme chose
The more that things change
The more they stay the same

Now I've gained some understanding
Of the only world that we see
Things that I once dreamed of
Have become reality

These walls that still surround me
Still contain the same "old-me"
Just one more who's searching for
A world that ought to be

Circunstâncias

Um garoto sozinho, tão longe de casa
Telhados intermináveis da minha janela
Senti a melancolia de quartos vazios
Em tardes chuvosas

Às vezes na confusão
Senti-me tão perdido e desiludido
Inocência me deu confiança
De ir contra a realidade

Tudo igual, aproveitamos nossas chances
Zombados pelo Tempo
Enganados pelas Circunstâncias
Quanto mais mudanças
Mais é a mesma coisa
Quanto mais as coisas mudam
Mais elas permanecem as mesmas

Agora ganhei um pouco de entendimento
Do único mundo que vemos
Coisas com as quais uma vez sonhei
Tornaram-se realidade

Esses muros que ainda me cercam
Ainda contém o mesmo "eu-antigo"
Apenas mais um que está em busca
De um mundo que deveria ser

 

Música por Geddy Lee e Alex Lifeson / Letra pelo Professor Neil Peart

  • Wix Facebook page
  • Wix Facebook page

+55 (31)-99361-0300

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now