Conversamos com Gastão Moreira do Kazagastão (KZG) sobre o RUSH.

Gastão Moreira é uma dos maiores nomes quando pensamos em rock’ n Roll no Brasil.

Criador do canal no Youtube Kazagastão - ou KZG - com o slogan mais apopleticamente-elucidativo sobre a atual fase da qualidade musical no Brasil: “De Música Ruim Já deu”, Gastão tem mais de 200 mil fãs inscritos em seu programa.

Apresentador do Gasômetro da rádio Kiss FM de São Paulo, ele tem no currículo trabalhos nos programas Fúria Metal e Gás Total na MTV e Musikaos na Tv Cultura, além de projetos com a banda Hip Monster e direção do documentário “Botinada: A Origem do Punk no Brasil". Um cara muito comunicativo, inteligente e que compartilha uma imensa admiração pelo Rush.

Aqui no Portal Rush Brasil, já repostamos muitos conteúdos provindos do KZG, desde a história do Rush contada no sofá do KZG junto com o Clemente Nascimento no canal, passando pelo vídeo em que foi tatuado a coruja azulada do Fly By Night no braço direito até ao recente falecimento do Neil Peart em janeiro desse ano.

Julho no Brasil é um mês com muitas celebrações no rock e é claro que sabendo de sua agenda apertada, recebemos com imensa alegria em conseguir esse espaço para batermos um papo com ele. E justamente hoje, dia 29 de julho aniversário dos 67 anos do Geddy Lee, o Portal Rush Brasil ganhou um presentaço. Confira agora:

1) Portal Rush Brasil
Gastão, no Kazagastão com o Clemente sobre o Rush, você relembrou dos seus primeiros contatos com power-trio. Você ouviu "
Xanadu" pela primeira vez e fazia um sucesso no colégio com o duplo ao vivo "All The World is a Stage". Conte para a gente no Portal, como foi seu contato com o Rush. Do que você mais lembra?


Gastão Moreira 

Um amigo mais velho sabia que eu gostava de rock e insistiu para que eu ouvisse Rush. Acho que eu tinha uns 12 anos quando ouvi Xanadu e foi uma questão de empatia imediata com a banda!

Adorei a voz, o instrumental, as diferentes partes conectadas com inteligência. Um dos primeiros épicos que escutei na vida.  Na época gastei minha fitinha do A Farewell to Kings e me tornei um defensor do Rush no colégio. Quando comprei o All The World is a Stage foi a glória, minha moral na classe subiu, rsrsrs. Era o único no colégio que tinha o disco.

2) Portal Rush Brasil
Você destacou que existe uma idiossincrasia relativa à banda, ou seja algo singular. Eu acredito que muito dessa identidade vem da "pegada não comercial" junto com uma áurea filosófica das letras do Neil Peart. Como você percebe essa singularidade do Rush?

 

Gastão Moreira 
O trio tinha um modo de tocar que valorizava a música em si e o trabalho individual dos músicos. As ricas letras de Neil Peart casaram muito bem com a complexidade das composições (ponto para as métricas que Geddy Lee elaborou). Ao ignorar os palpites da gravadora, o Rush conquistou sua independência artística e os fãs se deliciaram com essa integridade artística.

Gastao Moreira Clemente Nascimento KZF R

"E aí, Gasta?! Tá animado para gravar o programa do Rush, véio?!"- pergunta Clemente Nascimento no Heavy Lero do Kazagastão

3) Portal Rush Brasil

Li numa revista uma vez que falar mal do Rush é colocar a mão num vespeiro, rs, já que existe uma legião imensa de admiradores de Alex Lifeson, Geddy Lee e Neil "Professor" Peart. Vamos lembrar que em 2010, quando saiu o documentário "Beyond The Lighted Stage" sobre a história da banda, vimos o Rush superar vendas de DVDs de nomes super populares como, Michael Jackson e U2 e Bruce Springsteen. Você que respira o rock diariamente, consegue nos explicar como é esse fenômeno do power-trio?

 

Gastão Moreira
É uma banda que conquistou o respeito dos fãs na base do talento e perseverança. Passaram batido por modismos efêmeros, nunca ostentaram uma postura de rockstar e mantiveram a vontade de evoluir, evitando se acomodar numa fórmula. Por isso, até hoje despertam paixão nos fãs ao redor do mundo.

Gastão mostra sua tatuagem recém feita da coruja do Fly by Night desenhada pelo Roger Marx. Fonte: Canal Kazagastão 

4) Portal Rush Brasil

Percebo que a coruja azulada do "Fly by Night" sobrevoa com uma boa frequência no cenário do Kazagastão, e foi até parar tatuada no seu braço. É um álbum de extrema relevância para a banda, principalmente pelo marco da chegada do Neil Peart que assumiu as baquetas e as letras do Rush. O que tem no Fly by Night que você tanto gosta?

 

Gastão Moreira
A capa de
Fly By Night é uma das mais icônicas do rock, chamou minha atenção na primeira vez que a vi numa vitrine da Hi-Fi em 1979. É um disco que marca uma evolução muito grande em relação ao primeiro, músicas mais elaboradas e um ganho absurdo na qualidade e temática das letras.

5) Portal Rush Brasil

Você recomenda algum álbum em específico do Rush para nos acompanhar neste período inédito que estamos vivendo, de incertezas devido a pandemia e instabilidade econômica?

 

Gastão Moreira
Moving Pictures
é um disco que ouço do começo ao fim com um sorriso estampado no rosto. Comprei o disco logo que saiu e passei inúmeras noites degustando cada música, cada nota. Moving Pictures é um disco que me dá forças nos momentos mais difíceis. Red Barchetta, por exemplo, me traz uma sensação de que as coisas sempre vão melhorar e esta é a magia de uma música inesquecível.

gastao neil peart kzg portal rush brasil

6) Portal Rush Brasil

Ocorreu uma mobilização internacional e nacional das bandas tributos quando o Neil nos deixou. Vimos doações em massa aqui no Brasil de fãs para os institutos de pesquisa e instituições de caridade que tratam de câncer (Casa Guido, ABRACE, GRAACC e outras). Foi tocante assistir seu vídeo logo após o falecimento do professor, vamos deixar aqui o link para quem não assistiu ainda… então não é bem uma pergunta, eu em nome do Portal Rush Brasil quero te agradecer pelo o que você faz pelo Rush no Brasil.

 

Gastão Moreira
Muito obrigado mesmo. Posso te garantir que a morte do Neil Peart foi a que mais doeu na minha alma desde a morte da minha amada avó. Senti como se tivesse perdido um amigo.

7) Portal Rush Brasil

Em 2021, torcendo pela resolução dessa pandemia louca, veremos Gastão Moreira e sua equipe do Kazagastão na Rush Fest VI em Criciúma no maior evento do Rush do Mundo? (É o maior mesmo, não é exagero).

 
Gastão Moreira

Fico na torcida!!

Tânios Acácio é criador do Portal Rush Brasil. Ele se reconhece como um fã não-idealista do Rush, desbravador da complexidade criativa do power-trio. Ele gosta de memorizar as 193 capitais do Mundo e criar conteúdo sui generis no Portal Rush Brasil.

Janaína R. Silva é jornalista, assessora de imprensa e integrante da equipe de  redatores do Portal Rush Brasil. Seu álbum preferido do Rush é o da Coruja.

  • Wix Facebook page

+55 (31)-99361-0300

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now