Quando o Rush Chegou no Castelo

Como bom amante do Rock ´n Roll, você provavelmente já se deparou quando alguém te pergunta como você consegue diferenciar as amplas vertentes desse estilo musical.

 

Muita gente gosta de contar aquele conto do castelo envolvendo “um cavaleiro, um dragão e uma princesa” que circula há muitos anos na internet. Por exemplo, “heavy metal”: “O cavaleiro chega no castelo numa Harley Davidson, mata o dragão, enche a cara de cerveja com a princesa e depois transa com ela. Posteriormente se separam quando ela descobre que ele transou com uma groupie”.

 

Outro bom exemplo é do “punk rock”: “os cavaleiros chegam cuspindo no dragão, apedrejam o animal e picham no muro do castelo um "A" de anarquia. Fazem um moicano muito louco na princesa e abrem uma lojinha de souvenir no saguão do castelo.

 

São muitos (excelentes) exemplos para alocar o Rock “em gavetinhas”, mas sabemos que isso é nada além de uma cômica simbologia pedagógica. Então aproveitando esse cenário medieval, o ‪#‎PortalRushBrasil‬ imaginou como poderíamos contextualizar o som do Rush dessa forma... chegamos a seguinte conclusão:

 

“Os três cavaleiros chegam no castelo e fazem um som tão impressionante que deixa o dragão perplexo. A princesa não se identifica com nada daquilo e foge do castelo reclamando que o vocalista tem uma voz muito estridente. Depois de 3 horas de performance, o Dragão pasmo com a qualidade musical diz que só os deixará sair dali, caso ele apareça na capa de algum álbum da banda. O power-trio concorda, mas relembra que o dragão precisará colocar uma fruteira na cabeça”.

 

Veja mais outros exemplos de vertentes do Rock: No alto do castelo há uma linda princesa... 
http://whiplash.net/materias/humor/000593.html#ixzz3Xacr5nnE

 

 

  • Wix Facebook page

Veja os comentários

no Facebook

  • Wix Facebook page

+55 (31)-99361-0300

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now